Uma multidão está presente em volta do Aeroporto Internacional de Caxias, que foi parado para a chegada daquele avião. Um avião que veio com os motores desligados desde que passou pelo início da Costa Litorânea para poder pousar naquela pista rua atrai a atenção daquela multidão. Olhando melhor repara-se que a multidão usa camisas azuis, com números brancos atrás. E com um leãozinho homossexual no braço. E com jabá da Samsung. Percebe-se que 200% das camisas estão desbotadas, desfiadas e desgraçadas. 500% são piratas do camelô. Todos aguardam a chegada dos blues.

O avião — depois de horas rodando o aeroporto esperando a neblina passar — pousa. Apesar de não estar chovendo, todos descem com capas de chuva. Menos ele. Pagando de machão, Ashley (nome de maaaacho) Cole desce de camiseta e tomando Pepsi. Horas depois descobriria que isso lhe deixaria fora do jogo, com forte gripe.

Michel — pelotenho macho e papudo convicto — não quer fazer feio. Depois de alguns dias treinando chute-na-cara-do-zagueiro-inglês-metido-à-besta ele se sente pronto. Já era tempo. Ele estava na ante-sala da guerra, também conhecida como Vestiário do Papão. Ele ajeita a camisa, faz sua oração e vai. Lauro (algum deles) vai na frente.

O amistoso de Juventude e Chelsea era a condição para que o time londrino pudesse escolher um Lauro para levar — se ganhasse, é claro. Lauro não queria ir. Ele morria de medo de sair daquele aeroporto.

Começa o jogo. O Alfredo Jaconi estava transbordando gente, num mágico desenho de verde, azul e vermelho. Estavam presentes torcedores, jogadores e policiais, tentando evitar que o “vermelho-sangue” se alastrasse entre os FAmiliares e os pró-John-Terry

Minutos depois, o juiz dá o primeiro apito. Porém o jogo não começa. Faltava ela. A bola havia sido esquecida. Dessa vez com uma Diadora Gamma o jogo recomeça. Mas o juiz volta atrás, esperando a ambulância chegar. Chegam três ambulâncias: uma para tirar os torcedores sangrando do campo, outra para a função básica de ambulância de estádio e a terceira por motivos de paixão futebolística do motorista. John Terry respira fundo.

Começa a partida. Joe Cole para Didier Drogba (que se lê Drôgba e não Drogbá). O africando perde a bola para algum Lauro, que dispara em direção ao gol, porém esquecendo-se da bola. A bola havia sido furada pela trava da chuteira de John Terry, que havia roubado a bola com chuteira de cabrón. John — agora jogando com Havaianas — seria advertido pelo juiz, porém o juiz não achou o cartão em meio a tanta neblina.

3min Didier Drogba rouba a bola e chuta pra fora

4min Didier Drogba se antecipa, roubando a bola do zagueiro. Chuta pra fora.

5′ Algo acontece e Didier Drogba chuta pra fora.

6′ Dessa vez Didier Drogba nem tocou na bola, mas ela foi pra fora.

10′ Didier Drogba entra na área. O gandula, suado e preocupado entra em campo e chuta a bola pro meio de campo.

11′ o gandula é expulso. Pênalti.

12′ Drogba chuta pra fora. O gandula é substituído.

13′ Iniciam-se as buscas pela bola.

15′ Procurando a bola

18′ Ainda não acharam a bola

23′ Compraram uma bola nova.

25′ Lauro rouba a bola e chuta a gol. Petr Cech agarra, mas o espírito Stephen Hunt baixa em Lauro. Cech volta a usar sua velha headguard.

28′ Mikel tenta, mas não é páreo para Michel.

30′ A torcida ameaça de ir embora, mas a promoção da cerveja contém a todos.

30′ John Terry lembra que está em campo.

32′ Escanteio para os blues, após Lauro se confundir com os gols.

33′ Ivo rouba a bola. Ivo já perdeu a bola.

34′ Wright-Philips sai correndo com a bola.

40′ Wright-Philips ainda está correndo com a bola.

45′ Lauro comete tentativa de homicídio em Wright-Philips. Mas ele roubou a bola.

45+1′ Wright-Philips sai por cansaço e para fazer uma visita à delegacia.

45+2′ Lauro recebe uma ligação de Andorra.

45+3′ Inexplicavelmente Lauro rouba a bola do goleiro (Michel) durante o tiro de meta, dribla todos os jogadores azuis, incluindo o goleiro e chega na cara do gol. Só falta John Terry quando ele chuta (a bola e cara de John Terry). Ganha um cartão amarelo poiso goleiro não havia cobrado.

45+8′ John Terry para de chorar. O placar insiste em 0 a 0.

45+15′ Um jogador anônimo do Papão pede a camisa de John Terry no intervalo. Ele entra em depressão e é substituído por Rafael Muçamba, que estava assistindo à partida.

No intervalo, o Chelsea se reúne para tomar cerveja. Porém, Drogba — que estava cumprindo promessa — come coxinha e toma suco de laranja.

45′ Rafael Muçamba rompe o ligamento marcando a trave.

47′ Entra Seu Pedro pra reforçar o ataque.

49′ Um banco inglês oferece £ 50mi para o Chelsea caso ele ganhe. O Chelsea faz 3 gols.

55′ No momento está cerca de 54 a 0 para o Chelsea

56′ John Terry toma uma garrafada. Entra Juninho do São Paulo em seu lugar.

60′ Seu Pedro recebe de Lauro no meio de campo, deixa Juninho no chão e chuta para o gol. Petr Cech bota para lateral.

63′ GOOOOOOOL! Lauro cobra escanteio, Juninho cai, Lauro cabeceia, bate na trave, Lauro chuta, Cech espalma, aparece outro Lauro e chuta para o gol.

65′ Lauro sofre falta na intermediária. Cartão amarelo para Essien.

66′ GOOOOOOOL! Lauro passa para Seu Pedro, que deixa Juninho no chão e estufa as redes.

80′ Acaba o churrasco de Seu Pedro.

80′ A Imprensa invade o campo.

90′ A Imprensa sai de campo.

90+1′ O jogo recomeça. Está em 54 a2

90+2′ GOOOOOOOL! Lauro cruza para a área, a bola foi fondo, foi fondo e foi.

90+3′ Lampard chega a Caxias, explicando que o asilo havia demorado para despachar seu passaporte.

90+8′ Lampard perde uma disputa de bola para Lauro e berra “Lauro, fuck you”. Setecentos alviverdes (todos jogadores) o espancaram, mas ele continua em campo.

90+8′ GOOOOOOOOOOOOOL! Seu Pedro aproveita o momento para treinar embaixadinhas, mas a bola bate em seu queixo e entra. Faltam apenas 50 gols para o empate. A mídia não conseguiu entrar, dessa vez.

90+9′ GOOOOOOOOOOOOOL! Um quero-quero derruba um ovo sobre o gol de Cech. O juiz confunde as bolas e anota gol de Rafael Muçamba (que estava no banco)

90+15′ Cech amarra as chuteiras mas acaba derrubando Ivo. Pênalti.

90+15′ GOOOOOOOOOOOOOL! Ivo bate e Cech, pra variar, erra o canto.

90+16′ O narrador acorda e anuncia 54 a 6.

90+17′ Ivo arruma briga com Cech e toma 3 socos. 3 pênaltis.

90+17′ GOOOOOOOOOOOOOL! GOOOOOOOOOOOOOL! GOOOOOOOOOOOOOOOL! 54 a 9. Ivo anota os 3.

90+20′ GOOOOOOOOOOOOOL! O Chelsea faz uma retranca implacável, mas deixa Seu Pedro livre. Se não errei meus cálculos, nosso herói fez o segundo hat-trick do jogo.

90+ 22′ Wright-Philips volta da delegacia com um policial. Todos se espantam e nesse meio-tempo Michel estufa as redes. 10 vezes.

90+22′ GOOOOOOOOOOOOOOL! O juiz viu tudo e marca 54 x 20

90+25′ OMG WTF! Drogba, ainda cumprindo promessa, marca 33. Contra o Chelsea, claro, pois ele havia tomado suco de laranja e comido coxinha Jesus-me-chama.

90+26′ A narração para e os telespectadores acham que a partida acabou. Mas era só o narrador que tinha perdido a voz.

90+30′ OMFG! O jogo vai acabar, quando o jovem Lauro deixa Juninho no chão mas perde a bola para Lampard, o grogue. A neblina mais os socos confundem Lampard e Petr Cech, que toma um golaço contra.

90+31′ GOOOOOOOOL! No momento do apito final Seu Pedro faz uma jogada brilhante e vira o jogo. Seu Pedro vai para o Santos e Lauro ainda é da papada. John Terry recusa a camisa alviverde, mas passa bem no Hospital.

Plantel

Juventude

Michel; Lauro, Zé Anônimo (Rafael Muçamba (Seu Pedro)) , Lauro e Alexandre; Lauro, Bruno, Danilo Cruz e Lauro; Lauro e Ivo.

Chelsea

Cech; Belletti (Empresário dele), John Terry, Alex e Coke Cole; Wright-Philips, Essien, Obi Mikel e Lampard; Malouda (Pepsi Cole) e Drogba.

Anúncios