Queda de arquibancada fere 13 crianças no Paraná

São Paulo – A queda parcial de uma arquibancada montada para uma apresentação circense deixou 13 crianças feridas, por volta das 20h30 de ontem, no pátio da Usina do Conhecimento, na cidade de Campo Mourão (PR), a 477 quilômetros da capital paranaense, centro do Estado. Crianças e adultos assistiam a um espetáculo da trupe de circo da Fundação Cultural de Campo Mourão (Fundacam), durante a inauguração da Escola de Arte Circense, quando a estrutura, feita de ferro e tábuas amarradas com pedaços de borracha de câmara de ar, desabou. Com o acidente, a iluminação do local foi cortada, o que gerou mais tumulto. […]

Um inquérito será aberto pela Polícia Civil para se apurar as causas e a responsabilidade pelo acidente.

Meldels! Eu ainda sou da época que apenas arquibancadas de estádios cariocas de futebol caíam assim. Mas juro que quando li a manchete pensei logo na palavra “Clube Atlético Paranaense”. E ainda assim, há a necessidade de inquérito??? Quem foi o vagabundo do pedreiro que montou aquilo???

Acho que é barrinha

Loira seqüestradora-ladra-de-órgãos-e-protagonista-de-lenda-urbana causa tumulto em Manaus

Uma lenda urbana que corre em Manaus (AM) –a de que uma mulher, loira, andava pela cidade em um carro preto, acompanhada por um homem e em busca de crianças para “roubar” os órgãos delas– criou confusão, na quarta-feira (12) à tarde, em uma delegacia do bairro Novo Israel.

Ao saber que uma mulher, loira, dirigindo um Fox preto, havia sido presa –junto com um homem– após perseguição policial pelas ruas da cidade, uma multidão se dirigiu ao 18º Distrito Policial de Manaus para conhecer, de perto, a mulher de quem a lenda falava.

Alguns queriam linchá-la –e policiais militares tiveram de cercar a delegacia para impedir as agressões. Quando os suspeitos chegaram à delegacia, cerca de mil pessoas já estavam na frente do distrito para “pegar” a suposta ladra de órgãos, segundo o delegado Paulo Martins.

A multidão, entretanto, havia se enganado de loira. A mulher que acabava de ser detida era suspeita de tráfico de drogas, e não de órgãos.

Isso não merece comentários. *tapa na própria cara com cara de abatimento*

Acho que é barrinha

Homem rouba talão de puliça

Um homem enfurecido porque sua mulher havia tomado uma multa arrancou o talão das mãos de um guarda municipal na Tijuca, zona norte do Rio, nesta quinta (13).

O barraco aconteceu na rua Conde de Bonfim. Depois que sua senhora foi multada por estacionar em mão dupla, o indivíduo começou a bater boca com o guarda. Descontrolado, ele arrancou o talão da mão do homem da lei e saiu correndo.

PS: TALÃO DE MULTAS, CACETE!

Isso que dá deixar a mulher dirigir…

Acho que é barrinha

Menção Honrosa

Anúncios